Notícias

Vejam as últimas notícias da ENE

HomeNotícias

Confira todos os resultados da rodada da Uefa Europa League

(Taça UEFA Foto: Getty Images)

Rodada contou com vitórias importantes de times como Arsenal, Milan e Villarreal, além de zebras como o Apollon diante do Lyon. Veja abaixo:

 

 

Fonte: Fox Sports

 

 

Compartilhar

Promessa no atletismo, Talles Silva vê possibilidade de lutar por medalha em Tóquio 2020

(Talles Silva salta no Campeonato Mundial de Atletismo de 2015, em Pequim Foto: ALEXANDER HASSENSTEIN/GETTY IMAGES)

Em março de 2016, Talles Silva cravou a marca que precisava para ir às Olimpíadas no Rio de Janeiro. Com 2,29m no salto em altura, índice exigido pela Federação Internacional de Atletismo (IAAF), o atleta também bateu o seu recorde pessoal. 

Se tivesse repetido o feito no Rio 2016, avançaria às finais. Mas não fez. Ele saltou 2,17m e terminou com a 18ª colocação, no Engenhão, na capital carioca. A frustração do único brasileiro a competir naquele domingo foi consolada pelos gritos da torcida.  

Agora, ele luta para conseguir uma vaga em Tóquio 2020, e acredita que tem chance na briga pelo pódio. “Posso sonhar, vou correr atrás do meu sonho e vou conquistar”, ressalta o atleta.

“No ritmo que estou evoluindo, sei que há possibilidade de medalha no Japão. Tenho treinado para chegar em um nível competitivo”, afirmou Talles. No último Mundial de Atletismo, disputado em agosto deste ano, na capital inglesa, ele ficou a dois centímetros da vaga na final. “São os mesmos atletas que competem nas Olimpíadas e no Mundial. No último evento, sei que fui bem. Mas poderia ter ido melhor”.

Ele terminou o Mundial na 13ª posição sem avançar à final, já que apenas 12 atletas se classificavam para a decisão. “Por uma colocação eu não entrei”, lamenta. “A marca que eu fiz na semifinal me deixaria em terceiro no Mundial. Então, tenho condições de lutar”, lembra.

O saltador acredita que, se é capaz de atingir o valor estabelecido para entrar na prova, pode ficar entre os cinco melhores. “Muitas vezes, o índice é maior do que a altura que eu preciso para ir ao pódio”, explica. “Tenho feito saltos melhores. Além de tudo, a motivação eu tenho, só preciso treinar”.

O atleta também afirma que o atletismo é mais fácil de lidar com as frustrações do que outros esportes, pois muitos resultados dependem apenas do esforço do atleta. 

“Gosto de trabalhar com metas e marcas. Então é muito melhor, porque não existem desculpas para não ser convocado”, conta. “É uma disputa minha comigo mesmo e não aceito perder para mim, por isso, quando não faço o meu melhor, eu me sinto derrotado”.

Para vencer em Tóquio, ele acredita que precisa estar mais rápido, mais forte e mais técnico. De agosto a janeiro, encara a pré-temporada do atletismo. “O que define meu ano que vem, depende do que vem agora”, encerrou.

Fonte: ESPN

 

Compartilhar

Santos se aproxima da sua maior invencibilidade no século; veja o ranking

(Santos de Levir Culpi tem chance de fazer história Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Santos pode igualar a sua maior série invicta no século se não for derrotado pelo Botafogo neste sábado, às 19h, no Estádio Nilton Santos. O Peixe está a uma partida de repetir o feito de 2007, quando, sob o comando de Vanderlei Luxemburgo, ficou 18 jogos sem perder. 

Há 10 anos, entre fevereiro e abril, o Alvinegro acumulou 15 vitórias e três empates. Agora, com Levir Culpi à frente do elenco, são nove vitórias e oito empates. A última derrota foi para o Flamengo (2 a 0), pela Copa do Brasil, no dia 28 de junho. 

 

Para defender a sequência de invencibilidade e, de quebra, seguir sonhando com o título brasileiro, o Santos terá de superar os desfalques no Rio. Só dois titulares estarão à disposição: Vanderlei e David Braz. Levir optou por preservar a maioria do time após o empate em 1 a 1 contra o Barcelona de Guayaquil, na última quarta-feira. A decisão da vaga na Libertadores será na próxima quarta, na Vila Belmiro. 

CHANCE DE FAZER HISTÓRIA

Há 17 jogos sem uma derrota, o Peixe de Levir tem a oportunidade de ser o time com a maior invencibilidade da história do clube. O Santos ficou 26 jogos invicto entre abril de 1927 e janeiro de 1928. Foram incríveis 25 vitórias e apenas um empate. 

Veja abaixo o ranking completo:

Maiores séries invictas do Santos na história

INVENCIBILIDADE PERÍODO DESEMPENHO
26 jogos 21/04/1927 - 15/01/1928 25 vitórias e um empate
25 jogos 25/04/1972 - 11/07/1972 22 vitórias e três empates
24 jogos 29/08/1967 - 23/01/1968 18 vitórias e seis empates
23 jogos 26/01/1958 - 12/02/1959 21 vitórias e três empates
22 jogos 04/10/1975 - 21/01/1976 13 vitórias e nove empates
22 jogos 21/03/1973 - 01/07/1973 19 vitórias e três empates
21 jogos 03/05/1967 - 23/07/1967 18 vitórias e três empates
19 jogos 02/04/1989 - 15/06/1989 8 vitórias e 11 empates
19 jogos 22/06/1983 - 26/08/1983 11 vitórias e oito empates
19 jogos 26/01/1983 - 21/04/1983 12 vitórias e sete empates
19 jogos 02/06/1971 - 25/08/1971 11 vitórias e oito empates
19 jogos  05/07/1959 - 13/09/1959 14 vitórias e cinco empates
19 jogos 26/08/1928 - 24/04/1929 16 vitórias e três empates
18 jogos 21/02/2007 - 22/04/2007 15 vitórias e três empates
18 jogos 22/09/1965 - 08/12/1965 16 vitórias e dois empates
18 jogos 11/07/1965 - 11/09/1965 16 vitórias e dois empates
17 jogos 09/03/1968 - 12/05/1968 14 vitórias e três empates
17 jogos invencibilidade atual 9 vitórias e oito empates

 

Compartilhar

Roland Garros sediará o tênis nos Jogos Olímpicos de 2024 em Paris

Nesta quarta-feira, o Comitê Olímpico Internacional oficializou que os Jogos Olímpicos de 2024 serão em Paris, na França. Isso significa que Roland Garros está de volta às Olimpíadas. Há exatamente 100 anos das Olimpíadas de 1924 e 96 anos da construção do estádio Roland Garros para sediar o Grand Slam e a Copa Davis, o lendário local se tornará um estádio olímpico e receberá não somente a disputa do tênis, mas também boxe, tênis paralímpico, rugby e basquete.

Caso Tóquio 2020 opte pelo uso de piso duro para o tênis, o que é bastante provável, 2024 pode marcar a volta do saibro às Olimpíadas, 32 anos após os jogos de Barcelona. O curioso é que o cenário do tênis estará muito diferente do que é hoje. Rafael Nadal, que soma 10 títulos em Roland Garros, terá 38 anos, Novak Djokovic e Andy Murray terão 37 e Roger Federer, 43 anos. Entre as mulheres, Garbiñe Muguruza, atual número um do mundo, terá 30 anos e deverá marcar presença.

 Até lá, o complexo de Roland Garros passará por uma reforma e a quadra central, Phillipp Chatrier, já terá pronto o teto móvel já presente em Wimbledon e no Aberto dos Estados Unidos.

O presidente da França, Emmanuel Macron, se mostrou muito feliz com a decisão e disse ser uma vitória para a França: “Eu saúdo esse sucesso e a tremenda oportunidade que os Jogos representam para ajudar na transformação do nosso país, para aumentar a sua atratividade internacional e fortalecer o papel do esporte em toda a França”. Além de Macron, a prefeita de Paris, Anne Hidalgo, definiu o evento, em publicação no Twitter, como “histórico”.

Gazeta Press

Fonte: ESPN UOL 

 

Compartilhar

Garoto de ouro voa, Eslovênia elimina Espanha e faz final inédita do Eurobasket

Cotado para ser um dos primeiros do Draft da NBA em 2018, Luka Doncic fica perto de triplo-duplo, seca a quadra e bota a língua para a fora na vitória por 92 a 72 sobre a atual campeã. 

No duelo dos últimos invictos do Eurobasket, a Eslovênia levou a melhor sobre a favorita e atual campeã Espanha, nesta quinta-feira, em Istambul, e se classificou para uma final inédita de uma seleção com origem na antiga Iugoslávia, um dos maiores berços do basquete mundial. Com apenas 18 anos, Luka Doncic foi o líder do time em quadra, perto de um triplo-duplo, com 11 pontos, 12 rebotes e oito assistências. O adversário na decisão sai do confronto entre Rússia e Sérvia, nesta sexta-feira, às 15h30 (de Brasília).

Não é à toa que Doncic já é cotado para ser um dos primeiros nomes do Draft de 2018. Jogador do Real Madrid, ele vem sendo um dos destaques do Eurobasket. Contra a Espanha, não se intimidou e tomou conta do jogo. Ainda ajudou a secar a quadra e não teve medo de comemorar com a torcida ainda com mais de dois minutos no relógio, com a língua para fora, depois de uma roubada de bola de Gasper Vidmar sobre Pau Gasol.

As duas seleções entraram em quadra com uma invencibilidade de sete jogos na competição. O placar seguiu equilibrado nos dois primeiros quartos. Pau Gasol foi o nome da Espanha, ao lado de Ricky Rubio, no começo do jogo. A Eslovênia tinha no conjunto sua maior arma, com boas atuações de Vidmar, Doncic e Goran Dragic, o grande maestro da seleção em todo o Eurobasket. No entanto, no terceiro quarto, a Eslovênia conseguiu abrir vantagem e, aos poucos, foi se distanciando, fechando a parcial em 73 a 57. No último quarto, Rubio até tentou a reação espanhola, mas os eslovenos seguiram ditando o ritmo e acabaram com 92 a 72 no placar.

Confira o retrospecto dos dois times até a semifinal:

Caminho da Eslovênia até as semis

Fase de grupos (Grupo A)
Eslovênia 90 x 81 Polônia

Finlândia 78 x 81 Eslovênia

Eslovênia 78 x 72 Grécia

Islândia 75 x 102 Eslovênia

Eslovênia 95 x 78 França

Round de 16
Eslovênia 79 x 55 Ucrânia

Quartas de final
Eslovênia 103 x 97 Letônia

Trajetória da Espanha até as semis

Fase de grupos (Grupo C)
Espanha 99 x 60 Montenegro

República Tcheca 56 x 93 Espanha

Espanha 91 x 50 Romênia

Croácia 73 x 79 Espanha

Hungria 64 x 87 Espanha

Round de 16
Espanha 73 x 56 Turquia

Quartas de final
Alemanha 72 x
84 Espanha

Por GloboEsporte.com, Istambul, Turquia

Fonte Globo Esporte

 

Compartilhar

Santos receberá bolada milionária por Neymar no PSG e já sabe como usará a grana

 

Além do dinheiro do time francês, o Peixe espera receber outra quantia do Barcelona, referente a uma das cláusulas de contrato entre os dois clubes quando foi acertada a venda do atacante

 

O Santos vai receber nas próximas semanas os cerca de R$ 33 milhões a que tem direito pela venda de Neymar do Barcelona para o Paris Saint-Germain, no início de agosto. Os franceses já entraram em contato com diretoria do Peixe afirmando que o montante será depositado em breve, sem um prazo definido. O valor corresponde a aproximadamente 4% do que o PSG gastou para contratar o atacante, aproximadamente R$ 820 milhões.

 

O acordo trata-se de uma indenização prevista no mecanismo de solidariedade da Fifa, que remunera os clubes formadores dos atletas.

Além do dinheiro do time francês, o Peixe espera receber mais R$ 16 milhões (4,5 milhões de euros) do Barcelona. Esta quantia é referente a uma das cláusulas de contrato entre os dois clubes quando foi acertada a saída de Neymar para a Espanha, em 2013.

Para o presidente Modesto Roma Júnior, o valor da negociação será usado para conter diversas dívidas do clube. Vale destacar que o alvinegro precisou vender Thiago Maia ao Lille, também da França, na última janela de transferências, para fechar o semestre no ‘azul’.

Por Gazeta Press

Fonte: Fox Sports BR

 

Compartilhar

DISTRITO FEDERAL

Telefones Secretaria:
(61) 3381 9928
(61) 3254 6643
(61) 3263 8588
(61) 3263 8581

Whatsapp:
(61) 99575 9393

 


Atendimento Comercial

LUCAS CAETANO
(61) 99227 3742

JOÃO GABRIEL
(61) 99240 6734

RIO DE JANEIRO

(21)  2109-6857
(21) 97190 3073

JOINVILLE

(47) 3227 44 41
(47) 9609 0827