Notícias

Vejam as últimas notícias da ENE

HomeNotícias

City x Napoli e Real x Tottenham: duelos de líderes marcam dia na Champions

(Gabriel Jesus, em treino do Manchester City antes de duelo com Napoli: duelo dos líderes da Inglaterra e Itália; Foto: Jason Cairnduff/Reuters)

A rodada desta terça-feira da Liga dos Campeões reúne dois duelos de líderes. Em Manchester, os invictos e soberanos na Inglaterra e na Itália se enfrentam: o City, de Pep Guardiola, recebe o Napoli, de Maurizio Sarri. No Santiago Bernabéu, Real Madrid e Tottenham fazem confronto direto pela liderança do Grupo H. E proporcionam o embate entre dois grandes artilheiros do momento: Cristiano Ronaldo e Kane, que terá seu grande teste da temporada pelos Spurs. As duas partidas começam às 16h45 (de Brasília).

O duelo azul entre Manchester City e Napoli é o encontro de duas das equipes com melhor início na temporada europeia. Os ingleses ainda não perderam. Venceram 10 e empataram uma de suas 11 partidas. Os italianos tropeçaram apenas uma vez. Perderam um jogo e venceram 11 de seus 12 compromissos na temporada até agora. A única derrota foi contra o Shakhtar Donetsk, na estreia pela Liga dos Campeões. As ótimas fases dos dois times renderam trocas de elogios entre os dois treinadores. 

– Nós precisamos nos adaptar para o Napoli. Eles têm um estilo de jogo diferente do que vemos no Campeonato Inglês. O Napoli faz muitas coisas e todas essas coisas que eles fazem, fazem perfeitamente. Eles não são um time que vai esperar, vão tentar nos pressionar e podem construir as jogadas tanto pelo meio quanto pelas laterais – avaliou o espanhol Pep Guardiola, comandante dos azuis de Manchester. 

Maurizio Sarri, à frente dos napolitanos pela terceira temporada seguida, foi além. Considera os rivais desta terça como os melhores da Europa no momento. Acima até do que o Real Madrid bicampeão europeu.  

– A sensação que tenho vendo o jogo do Man City, não tive nem vendo o Real Madrid no ano passado. Sempre senti que meu time poderia ser duro contra os oponentes, mas desta vez, acho o Man City um formidável time – comentou o treinador italiano. 

Aos 58 anos, Maurizio Sarri ainda busca o seu primeiro grande título como treinador. A grande campanha no Campeonato Italiano com o Napoli anima o time do sul italiano. Por sua vez, Pep Guardiola, aos 46 anos, persegue sua quarta Liga dos Campeões, a terceira como treinador. Ainda soma seis campeonatos nacionais por Barcelona e Bayern. Tudo isso faz Maurizio Sarri crer que estará diante de um treinador revolucionário. 

– Gostaria de agradecer Pep Guardiola porque ele disse várias coisas legais sobre nós. Seus elogios são bem-vindos, porque, no momento, ele é o maior técnico do mundo. Há 25 anos, Arrigo Sacchi foi pioneiro, e em alguns anos, nós veremos que Guardiola será igualmente influente. Se Guardiola nos elogiou, estamos muito felizes – declarou Sarri, em referência ao técnico italiano bicampeão europeu com o Milan e vice-campeão do mundo com a Itália em 1994. 

No Manchester City, a presença do atacante Kun Aguero pode ser uma novidade. Ele se recuperou antes do esperado de uma fratura na costela ocasionada por um acidente de trânsito. Ele deve ficar no banco de reservas. O Napoli não tem o atacante Milik, que passou por cirurgia no joelho. 

Real x Spurs: liderança em jogo no encontro de artilheiros 

No Santiago Bernabéu, Real Madrid e Tottenham disputam diretamente a liderança do Grupo H. Ambos estão com seis pontos e devem ficar com as duas vagas da chave. Borussia Dortmund e Apoel, que se enfrentam no Chipre, estão zerados. A partida entre merengues e Spurs será o grande teste para Harry Kane. O atacante da equipe inglesa é o artilheiro da Liga dos Campeões, com cinco gols em dois jogos. Diante do atual bicampeão e fora de casa, ele tem o desafio de manter sua média. Mas Kane já fez o suficiente para ganhar a atenção de Zinedine Zidane, técnico do Real. 

– Ele é bom em tudo e está sempre pensando no gol em tudo que faz. Não sei o que acontecerá no futuro (possível saída de Kane do Tottenham). Mas no presente, o que ele tem feito faz dele um jogador muito importante, peça-chave. É completo. Não parece ser o cara, mas no fim, ele é – avaliou o treinador, que no último sábado, na vitória por 2 a 1 contra o Getafe pelo Campeonato Espanhol, completou 100 partidas à frente dos merengues.  

Pelo lado espanhol, outro artilheiro pede passagem. Com quatro gols, Cristiano Ronaldo vai muito bem na Liga dos Campeões. No entanto, no Campeonato Espanhol, onde cumpriu quatro jogos de suspensão, balançou as redes apenas uma vez. O português merece a atenção dos ingleses, claro. Mas o técnico dos Spurs, o argentino Mauricio Pochettino, ressalta que não deve focar apenas no camisa 7. 

– (Ronaldo) é um jogador muito importante, mas eles têm vários jogadores bons. Eles são um clube fantástico, mas você precisa de contribuições de todoo elenco para ganhar títulos. Cristianoé como Messi, têm um grande impacto sobre o time. É um dos melhores do mundo, isso é claro – analisou o treinador do Tottenham. 

Considerando o ano de 2017, Kane e Cristiano Ronaldo têm números parecidos. Ambos estão com 43 gols. Mas o inglês tem média melhor. Chegou à marca em 38 jogos, enquanto o português precisou de 46

  

Modric e Bale pelo Tottenham em 2011: só o croata reencontrará a ex-equipe (Foto: Chris Brunskill/Getty Images)

Modric e Bale pelo Tottenham em 2011: só o croata reencontrará a ex-equipe (Foto: Chris Brunskill/Getty Images) 

As duas equipes fizeram uma das quartas de final em 2011, quando os Spurs tiveram sua melhor campanha na Liga dos Campeões. Na oportunidade, Modric e Bale defendiam o lado inglês. O Real venceu o jogo de ida na Espanha por 4 a 0 e, na Inglaterra, superou o rival por 1 a 0. Nesta terça, o Tottenham voltará ao Santiago Bernabéu pela primeira vez. O croata reencontrará a ex-equipe, mas o galês, lesionado, estará fora. 

 

Além de Bale, o Real também não tem Kovacic e Carvajal, também entregues ao departamento médico. O principal desfalque do Tottenham é o jovem Dele Alli, suspenso. 

 

TODOS OS JOGOS DESTA TERÇA

 

GRUPO E

 

  • 16h45 Maribor x Liverpool (com acompanhamento em Tempo Real no GloboEsporte.com)
  • 16h45 Spartak x Sevilla 

 

GRUPO F

 

  • 16h45 Manchester City x Napoli (com acompanhamento em Tempo Real no GloboEsporte.com)
  • 16h45 Feyenoord x Shakhtar 

 

GRUPO G

 

  • 16h45 Monaco x Besiktas
  • 16h45 RB Leipzig x Porto 

 

GRUPO H

 

  • 16h45 Apoel x Borussia Dortmund
  • 16h45 Real Madrid x Tottenham 

Fonte: Globo Esporte

Compartilhar

Corinthians perde do Bahia com falha de Fagner e Cássio atacante

Corinthians conheceu a sua quarta derrota no Brasileiro 2017 (Foto: Will Vieira/Raw Image) 

Em mais uma atuação fraca no segundo turno do Campeonato Brasileiro, o líder Corinthians conheceu a sua quarta derrota no torneio e desperdiçou a oportunidade de ficar mais perto do título. Na noite deste domingo, o time alvinegro perdeu por 2 a 0 para o Bahia, na Arena Fonte Nova, com gols incomuns: o primeiro numa falha infantil de Fagner e o segundo com a meta vazia após Cássio se aventurar no ataque.

Com 58 pontos ganhos, o Timão pode ver a distância diminuir para o Santos (48), que nesta segunda-feira enfrenta o Vitória, no Pacaembu, no complemento da 28ª rodada da competição. Já o Bahia, que luta contra o rebaixamento, subiu quatro posições e agora ocupa o décimo lugar, com 35 pontos.

Ainda confortável na ponta da tabela, o Corinthians voltará a campo nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), para enfrentar o Grêmio (49), outro concorrente pelo título, em Itaquera. No dia seguinte, às 21 horas, o Bahia tentará manter a invencibilidade de quatro partidas diante do Flamengo, na Ilha do Urubu.

O jogo 

Sem intensidade, o Corinthians começou sendo dominado pelo Bahia, que quase abriu o placar aos 23 minutos, quando Zé Rafael tabelou com Rodrigão e arriscou de fora da área, exigindo grande defesa de Cássio.

Logo depois, o time da casa chegou perigosamente mais uma vez: após cruzamento da direita, Edigar Junio assustou de cabeça. Apesar dos passes errados, o Corinthians aos poucos foi melhorando na partida.

Aos 33 minutos, a equipe paulista teve a sua melhor chance no primeiro tempo. Romero avançou sozinho pela direita e cruzou na medida para Jô testar na pequena área. A bola quicou no chão, mas o goleiro Jean foi rápido e evitou o gol alvinegro.

O segundo tempo começou na mesma toada, com o Bahia pressionando e o Corinthians apostando nos contra-ataques. Tentando torná-los mais velozes, Fábio Carille colocou Marquinhos Gabriel no lugar de Jadson.

E, em um deles, quase tirou o grito de gol da garganta de seu torcedor: aos 21 minutos, Fagner carimbou a zaga e, no rebote, Maycon bateu de primeira, mas Jean, caído no chão, fez a defesa. Mas, em uma falha infantil de Fagner, que teve a bola roubada por Edigar Junio ao tentar sair jogando de dentro da grande área, Vinicius aproveitou a sobra para vazar Cássio aos 26 minutos.

No fim, Carille ainda pôs o ‘talismã’ Clayson e Giovanni Augusto em campo, mas o Corinthians continuou inofensivo e ainda viu o Bahia ampliar o placar nos acréscimos, quando Cássio, na tentativa de empatar, deixou o gol vaziou e viu Marquinhos Gabriel errar passe que culminou em contra-ataque concluído por Régis.

FICHA TÉCNICA
BAHIA 2 x 0 CORINTHIANS 

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data: 15 de outubro de 2017, domingo
Horário: 19 horas (Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)
Público: 23.413 pagantes
Renda: R$ R$ 719.882,00
Cartão Amarelo: Jô e Camacho (Corinthians)
Cartão Vermelho: –
Gols:
BAHIA: 
Vinicius, aos 26 minutos do 2º tempo, e Régis, aos 48 minutos do 2º tempo

BAHIA: Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Juninho Capixaba; Renê Júnior, Edson e Vinicius (Matheus Sales); Zé Rafael (Allione), Rodrigão (Régis) e Edigar Junio
Técnico: Paulo César Carpegiani

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Guilherme Arana; Camacho e Maycon (Giovanni Augusto); Rodriguinho, Jadson (Marquinhos Gabriel) e Romero (Clayson); Jô
Técnico: Fábio Carille

Fonte: Gazeta Esportiva

Compartilhar

Flamengo vence a Chapecoense e segue na luta pela Libertadores

(Diego marcou e o Flamengo venceu a Chapecoense em plena Arena Condá; Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

O Flamengo foi a Chapecó neste domingo para encarar a Chapecoense pela 28ª rodada do Brasileirão. Precisando fazer as pazes com a vitória depois de dois empates e uma derrota, os comandados de Reinaldo Rueda superaram os catarinense pelo placar mínimo. Diego, no segundo tempo, deu a vitória ao Rubro-Negro carioca.

Com o resultado, o Flamengo se mantém na sétima posição na tabela, com 43 pontos, e no momento estaria classificado para disputar a pré-Libertadores em 2018. Já a Chapecoense está no bolo de equipes com 32 pontos, que ronda a zona do rebaixamento. Na próxima quinta-feira, o Flamengo recebe o Bahia pela 29ª rodada do Brasileirão, no Ninho do Urubu, enquanto a Chape visita o Atlético-MG no Independência, no dia anterior.

O JOGO

Como tem sido característico dos duelos entre Flamengo e Chapecoense, as duas equipes fizeram um primeiro tempo equilibrado. O Fla tentava controlar a posse de bola com a melhor técnica de seus jogadores, mas a Chape atuava com muita aplicação, avançando com velocidade e recompondo a defesa em seguida.

O Flamengo mais uma vez sofreu com a dificuldade em organizar as jogadas de ataque, e os lances de perigo foram poucos nos primeiros 45 minutos, e tanto Jandrei como Diego Alves tiveram pouco trabalho.

Numa dessas vezes, aos cinco minutos, Trauco recebeu em profundidade pela esquerda e levantou na área. A bola foi do outro lado para Everton Ribeiro, que tentou tocar na pequena área para Guerrero, mas Jandrei fez o corte e impediu o gol.

ATIVAR ALERTAS

Aos 16, Diego foi derrubado na frente da meia-lua da área. Ele mesmo cobrou mas a bola foi fraca e Jandrei não teve problemas para segurar.

A Chape respondeu aos 20 em bela jogada de Reinaldo pela esquerda. O lateral avançou marcado por Arão mas deu dois cortes no volante do Flamengo até ficar de frente para o gol, mas na hora do chute mandou por cima do travessão.

O Fla teve sua melhor chance da primeira etapa aos 22. Everton Ribeiro toca para Arão que devolve de calcanhar para a entrada do atacante na área. Na hora da conclusão, E. Ribeiro pega mal e joga longe do gol.

Dois minutos depois, Túlio de Melo recupera uma bola e tenta pegar Diego Alves desatento com chute de longa distância, mas o goleiro do Fla estava ligado e faz a defesa.

Aos 33, Everton recebe de E. Ribeiro e avança, mas pega mal na bola e não consegue tocar para Guerrero que chegava do outro lado.

As duas equipes retornam para o segundo tempo sem alterações, e é a Chape que assusta primeiro. Aos 5, Reinaldo cruza duas vezes e Túlio de Melo acerta cabeceio que obriga Diego Alves a fazer grande defesa para salvar o Fla.

O Rubro-Negro responde no minuto seguinte com Pará, que recebe de Everton, se livra do marcador mas falha na conclusão e a bola sai pela linha de fundo.

Aos 10, Diego recebe de Everton Ribeiro, dribla o goleiro e tenta o toque para Guerrero, mas a zaga corta. O jogo era mais animado no segundo tempo. Aos 17, o camisa nove sofre falta duvidosa na meia-lua da área. Ele mesmo cobra com muito perigo, mas a bola sai por cima do travessão.

A Chape responde aos 25, e mais uma vez Diego Alves salva o Fla. Após falta cobrada na área, Wellington Paulista tenta o desvio mas o goleiro rubro-negro impede o gol. Na sequência, Berrío entra na área em velocidade, toca para Guerrero na meia-lua. O peruano chuta em gol e a bola bate no braço de Douglas. Pênalti que Everton Ribeiro cobra muito mal e praticamente recua para Jandrei defender.

Se Everton Ribeiro não resolveu, Diego, criticado por perder o pênalti na final da Copa do Brasil contra o Cruzeiro, resolveu para o Fla aos 34. Berrío recebeu na direita e viu o meia penetrando e tocou. Diego, em velocidade, ajeitou e bateu cruzado para marcar o gol redentor.

A Chape tentou reagir e quase empata aos 43, quando Wellington Paulista lançou Apodi na direita, o lateral entrou na área e chutou com perigo, mas a bola bateu na rede pelo lado de fora.

Aos 48, Berrío perde gol incrível. Arão puxa contra-ataque e lança Guerrero pela esquerda. O peruano avança, se livra da marcação e rola para Berrío livre na direita da área, mas o colombiano erra a conclusão e manda por cima do gol de Jandrei.

FICHA TÉCNICA
CHAPECOENSE-SC 0 X 1 FLAMENGO-RJ

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data: 15 de outubro de 2017 (Domingo)
Horário: 17h(de Brasília)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa-PA)
Assistentes: Hélcio Araújo Neves (PA) e José Ricardo Guimarães Coimbra (PA)
Cartões Amarelos: Elicarlos, Arthur (Chape); Márcio Araújo, Berrío (FLA)
GOL
FLAMENGO: Diego, aos 34 min do 2º tempo

CHAPECOENSE: Jandrei, Apodi, Douglas Grolli, Fabrício Bruno e Reinaldo; Elicarlos (Lucas Marques), Lucas Mineiro e Héctor Canteros; Arthur (Rodrigo Pelezinho), Túlio de Melo (Penilla) e Wellington Paulista
Técnico: Emerson Cris

FLAMENGO: Diego Alves, Pará, Réver, Rafael Vaz e Miguel Trauco; Willian Arão, Gustavo Cuéllar, Diego (Gabriel) e Everton Ribeiro (Romulo); Everton (Berrío) e Paolo Guerrero
Técnico: Reinaldo Rueda

Fonte: Gazeta Esportiva

Compartilhar

Rafael Macedo é prata no GP de judô de Zagreb; Camila Yamakawa leva o bronze

(Rafael Macedo conquistou uma prata no GP de Zagreb; Foto: Divulgação)

Rafael Macedo ficou com a prata na categoria -90 kg no último dia de competições do Grand Prix de judô, que está sendo realizado em Zagreb, na Croácia. Neste domingo, o atleta brasileiro foi superado pelo húngaro Toth Kristian na grande final por um ippon.

Ao longo de sua campanha, Rafael Macedo conseguiu três ippons e seis wazaris. Além disso, ele venceu quatro lutas e perdeu uma. 

Quem também foi muito bem foi Camila Yamakawa, que levou o bronze na categoria +78 kg após bater a japonesa Nami Inamori por ippon. Depois de iniciar sua campanha com uma vitória, a atleta brasileira perdeu as quartas de final para Larissa Ceric, da Bósnia. Com isso, ela foi para repescagem e venceu suas últimas duas lutas.

Os outros brasileiros que entraram no tatame neste domingo não tiveram um bom desempenho. Após ser bye na primeira rodada, podendo descansar e avançar direto para a segunda rodada, Ruan Isqueirdo foi derrotado pelo japonês Daiki Kamikawa por warazi na categoria +100 kg.

Na categoria -100 kg, Rafael Buzacarini perdeu na primeira rodada para o alemão Lark Richard com um ippon. Já Leonardo Gonçalves venceu a sua primeira luta contra o sérvio Bojan Dosen por ippon e depois foi eliminado pelo português Jorge Fonseca por ippon.

Fonte: ESPN

Compartilhar

Fluminense estreia na Superliga com vitória tranquila sobre o Brasília

(Fluminense vence na estreia; Foto: Divulgação) 

Cotado como um possível favorito ao título da Superliga feminina, o Fluminense começou bem a campanha na competição. Neste domingo, na partida que abriu o torneio, o tricolor carioca passou pelo Brasília por 3 a 0, parciais de 25/16, 25/16 e 25/19, em duelo disputado no ginásio da Hebraíca, no Rio de Janeiro.  

O destaque do Fluminense foi Thaisinha, que foi essencial na virada no terceiro set, único momento de tensão para as cariocas na partida. Já o Brasília sofreu com diversos erros de saque, e teve, em Aline, no bloqueio e no ataque, o principal nome do time. Ela ainda foi importante para "acordar" o time, sempre tentando aumentar o astral. 

Foram dois sets tranquilos para o Fluminense. O primeiro, dominado desde o início, enquanto o segundo, o Brasília já conseguiu equilibrar um pouco. Somente na terceira parcial o time verde ficou na frente pela primeira vez no placar, ao abrir 8 a 7. A equipe ainda abriu mais vantagem, chegou a ter 18 a 13, mas o bloqueio do Flu trabalhou bem. No fim, vitória carioca por 25 a 19. 

No regulamento da Superliga, as 12 equipes jogam em turno e returno, e as oito primeiras avançam para as quartas de final, disputadas em melhor de três jogos. A semifinal é melhor de cinco, enquanto a decisão será em duas partidas. Em caso de uma vitória para cada time, um golden set será realizado. 

Sequência da rodada
17/10 - Pinheiros x Bauru - 19h30
17/10 - Barueri x Osasco - 19h30
17/10 - Minas x São Caetano - 20h
17/10 - Valinhos x Praia Clube - 20h15
17/10 - Sesi-SP x Sesc/RJ - 21h30 (Transmissão SporTV)

Fonte: Globo Esporte

Compartilhar

Os testes, as datas e os 23 convocados: o caminho da seleção brasileira até a Copa

(Tite durante o jogo contra o Chile; Brasil venceu por 3 a 0; Foto: Getty Images)

Começa nesta quarta-feira, de forma definitiva, a caminhada da seleção brasileira rumo à próxima Copa do Mundo. Após o fim das Eliminatórias Sul-Americanas, o técnico Tite tem pela frente sete meses até definir o grupo de 23 atletas que estará na preparação para o Mundial. E 15 nomes já são certos no grupo.

Alisson, Daniel Alves, Marcelo, Filipe Luís, Miranda, Marquinhos, Thiago Silva, Casemiro, Fernandinho, Paulinho, Renato Augusto, Neymar, Philippe Coutinho, Willian e Gabriel Jesus são os atletas que Tite deve manter entre os 23 convocados.

Além deles, estão praticamente certos Ederson e Firmino.

E pelo menos outros 18 jogadores estão na briga pelas cinco vagas restantes. Cássio, Diego Alves, Weverton (uma vaga); Gil, Rodrigo Caio, Jemerson e David Luiz (uma vaga); Rafinha, Danilo e Fágner (uma vaga); Fred, Diego, Giuliano, Arthur e Taison (duas vagas); Douglas Costa, Tardelli e Diego Souza (uma vaga).

E essa não é a única preocupação que deve povoar a cabeça da comissão técnica brasileira nos próximos dias. Nos próximos dias, os locais de treinamentos da equipe canarinho serão definidos antes da Copa do Mundo.

"Edu Gaspar, coordenador de seleções do Brasil, e o supervisor da seleção brasileira, Luis Vagner Vivian, estiveram em Londres para inspecionar centros de treinamentos. A ideia da comissão é utilizar a cidade na preparação da equipe.

"É uma ideia inicial que debatemos internamente. Queremos otimizar nossa preparação e entendemos ser importante escolher uma base antes de chegarmos à Rússia", disse Gaspar.

A ideia é que a seleção se apresente no fim de maio de 2018 e fique os três primeiros dias em Teresópolis, na Granja Comary. Depois, viaja para Londres, onde ficaria por 10 dias antes de ir à Rússia. Lá, a sede do Brasil no Mudial deve ser a cidade de Sochi.

Outro ponto que deve deixar Tite ansioso diz respeito aos adversários do Mundial. O sorteio da Copa do Mundo de 2018 será realizado dentro do Kremlin, em Moscou. O evento está agendado para 1º de dezembro de 2017 e servirá para determinar os grupos do torneio.

Como cabeça de chave, o Brasil fica livre de encarar outros favoritos. Mas, antes disso, tem ao menos três jogos preparatórios garantidos, em amistosos contra Japão, dia 10 de novembro, em Lille, na França; seleção da Inglaterra, dia 14 de novembro, em Londres; e também Alemanha, dia 27 de março de 2018, no Estádio Olímpico de Berlim.

A Copa do Mundo de 2018 está cada vez mais próxima do Brasil. E a Rússia é logo ali!

Fonte: ESPN

 

Compartilhar

DISTRITO FEDERAL

Telefones Secretaria:
(61) 3381 9928
(61) 3254 6643
(61) 3263 8588
(61) 3263 8581

Whatsapp:
(61) 99575 9393

 


Atendimento Comercial

LUCAS CAETANO
(61) 99227 3742

JOÃO GABRIEL
(61) 99240 6734

RIO DE JANEIRO

(21)  2109-6857
(21) 97190 3073

JOINVILLE

(47) 3227 44 41
(47) 9609 0827

Console de depuração do Joomla!

Erros

Sessão

Informação do perfil

Memória Utilizada

Consultas ao banco